Páginas

20 de nov de 2009

Foi ou não racista? Deve ou não mostrar? Se mostra, o autor é racista?


Finalmente o assunto Uniban está esfriando (apesar … Bom, deixa pra lá), porém agora, o assunto do momento, pelo menos no meio blogueiro, foi o tapa que Tereza deu em Helena na novela Viver a Vida.
Muitos estão espantados pela Taís estar em um papel como protagonista. Acho que a maioria que comentou, realmente não assiste novela. Eu atualmente não assisto novela, (mas com tanta chamada na TV e tanta revista contando sobre a novela na capa é impossível não acompanhar), mas assisti algumas e sei de outras. Pra quem não sabe, Taís foi protagonista da novela Da Cor do Pecado de 2004 na Rede Globo. Ou seja, a grande novidade agora, é ela ser protagonista em uma novela de Manoel Carlos e no horário das 21:00. Além de Chica da Silva é claro (Tenho sérias dúvidas se Chica da Silva era como a que foi retratada na novela, mas é para outro post).
Agora, vem a maior polêmica. A cena em si foi racista? Muitos acreditam que sim. Mas o problema maior é o que o público quer ver. Se colocarem uma cena assim, gritam que o autor tem preconceito. Que a Helena se humilha e se rebaixa perante Tereza e Luciana. Mas se fizesse cenas, onde Helena vivesse feliz e sem sofrer um pingo de preconceito DE TODOS é porque a história está fugindo da realidade. Manoel Carlos não fugiu da realidade. Simplesmente retratou que as pessoas, mesmo sem perceber, ou percebendo, são racistas e tem atitudes racistas. Muitos não perceberam, mas Manoel Carlos está fazendo sim uma crítica ao racismo velado que tem em nossa sociedade. Quer prova maior do que Luciana, no começo da novela, considerar Helena sua grande rival? Quando vi a chamada, senti sim uma atitude preconceituosa por parte do personagem, e em outras chamadas também senti, a raiva dela parecia ser maior por Helena ser negra.
Mas a Helena também deu um tapa e ninguém comenta nada. Só porque há uma cena em que Helena apanha, fazem toda esta polêmica.








Atitudes racistas também foram retratadas na novela Da Cor do Pecado. Tem uma cena de Bárbara (a racista-mor da novela) com a personagem da Taís, que tem o sugestivo apelido de Preta (apelido mais racista não?), em que ela humilha a personagem. A vontade que dá é de entrar na cena e dar um tapa na cara daquela Bárbara FDP. 

Muitos também acham que os autores devem aprofundar o assunto pois novela atinge milhares de pessoas. Desculpem, mas infelizmente não há a mínima possibilidade de tratar um assunto desta magnitude com a devida profundidade necessária em uma novela. Novela é divertimento para uma boa parte da população (não digo maioria porque não confio nos números do IBOPE) após um longo dia de trabalho. É quando a dona-de-casa após todo o trabalho doméstico tem a oportunidade de descansar e se distrair. O assunto pode até ser tratado e deve, porém se o autor carregar na tinta como se diz por aí, além de afastar o telespectador, corre-se o risco da novela ser reclassificada no Ministério Público. Lembro-me que na Novela Mulheres Apaixonadas, havia um núcleo que retratava o assunto violência doméstica, onde um personagem espancava constantemente sua parceira. O tema foi levantado, porém devido à violência, a novela correu sério risco de sofrer sansões do MP. E também conheci várias pessoas que criticavam a novela por exagerar no personagem e outros que diziam que o personagem não era 1% do que ocorre no mundo real. Na realidade, a sociedade tem medo de expor algo que ela mesma pratica na vida real. Não quer que um terceiro (no caso, o autor) aponte e dedo e diz: Você é racista como na novela! Prefere que os autores não mostrem e os mesmos tem que tratar muitas vezes o assunto de forma implícita, mas como a sociedade brasileira ainda está evoluindo, não percebe o tratamento implícito que o autor está dando para o assunto.E isto não quer dizer que ele compactua com o assunto a ser tratado, ou seja, que ele é racista, ou preconceituoso. Simplesmente tem que tratar do assunto de forma velada por não chocar a nossa sociedade.
E o que você, leitor ou leitora do blog acha? Foi racista? A novela deve mostrar ou fingir que nada disto ocorre?

Um comentário:

  1. O primeiro comentário é de um cinismo só possível de encontrar em quem é profundamente racista.

    Não se está reclamando do fato de retrratar o racismo na novela. A reclamação é a respeito da insistência em colocar os negros em condição subalterna, levando tapas na cara, sentindo-se culpados e não reagindo.

    Esse tipo de cena só contribue para reforçar a imagem do negro (e da negra) como submissos que podem (e devem) ser tratados daquela forma.

    O resto é argumento escapista de racista safado!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...