Páginas

9 de abr de 2010

Por que ninguém comenta sobre a Ingrid em Viver a Vida?

Tem algo me incomodando e que é sobre a novela Viver a Vida (e olha que eu só passo pela novela quando vou mudar de canal.). É sobre o preconceito da personagem Ingrid contra a modelo deficiente física Luciana, vivida pela atriz Aline Moraes. Mas principalmente o fato que não há repercussão sobre o personagem. Não vi pela internet (principalmente os chamados MetBlogs) qualquer referência em condenar o fato de Manoel Carlos ter um personagem com tamanho preconceito contra os deficientes físicos. A impressão que dá é que estes mesmos MetaBlogs que condenam outras atitudes do Manoel Carlos ou da própria TV Globo (vide BBB) acham natural as pessoas terem este tipo de preconceito. Aceito que o Manoel Carlos retrate isto com o personagem Ingrid porque é o que ocorre na sociedade (tenho pessoa na família que tem, infelizmente, este tipo de comportamento), mas esperava uma reação contrária da personagem pela sociedade e isto não é o que ocorre. Ser deficiente físico não é impedimento de ser feliz e ter uma vida normal. Não consigo nem falar que deficiente físico é uma pessoa especial, porque eu fico com um sentimento que estou tratando o mesmo como uma pessoa que é diferente de mim e da sociedade sendo que ele/ela não é, pois tem vida, sentimentos, emoções como qualquer outra.
Na minha família, há uma meio-parente que é cadeirante (vítima de bala),  e que chegou a participar de equipe de basquete, teve filha, casou, agora cuida do pai doente, ou seja, ela é uma pessoa normal como qualquer outra, não a vejo como diferente.
É por isto que este silêncio me incomoda. Cadê a indignação pelos milhões de Ingrids por aí?

4 comentários:

  1. Assisto a novela, e ontem (09/04/10) foi falar coma Luciana ela mostrou mais ainda o preconceito que ela tem, e realmente ninguém comenta sobre isso...

    ResponderExcluir
  2. Juh, realmente ninguém está comentando. Parece que este tipo de preconceito é aceito mas outros não. Não devemos aceitar nenhum tipo de preconceito!

    ResponderExcluir
  3. Olá Luciana. Vou comentar primeiro como cadeirante, depois como mãe. Quando meu marido, na época namorado, contou aos pais que eu tinha uma deficiência, a reação deles, sobretudo da mãe, foi a mesma da personagem. Quando se trata de relacionamentos que envolvem mãe e filho, a questão do preconceito é muito mais delicada. Sou mãe de dois meninos e sei que quando eles começarem a namorar vou me encher de cuidados e achar defeito em muitas meninas, é coisa de mãe e isso é inquestionável. Não se discute o amor de uma mãe por seu filho e nem a forma como ela acha que isso deva ser demonstrado, nem mesmo o que ela acha ser melhor pra ele. As mães sempre só querem o melhor, mas nem sempre entendem que o "melhor" dela não é o melhor do filho. Meu marido não se importou com o preconceito da mãe em relação a mim, casamos, tivemos filhos, construímos nossa família e o tempo se encarregou de mudar as opiniões dela, a convivência mostrou a verdade. Embora eu tenha sofrido com o preconceito de minha sogra, como mãe eu a entendo e não a julgo. Talvez por isso, Luciana, não esteja havendo repercussão contra essa personagem, por ela ser mãe e estar agindo por amor, independentemente de estar sendo justa com a namorada do filho.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Tchela, entendo a sua opinião. Mas na minha opinião a atitude da Ingrid foi mais pelo preconceito do que pela preocupação de mãe, mas o que me incomoda mais é que tenho a impressão que a maioria do metablogs (tem dois na minha listinha ao lado) que não comentam por terem este pensamento igual ao teu mas no caso do tapa da Tereza na Helena, ninguém teve este pensamento, pois acharam que a atitude não foi por uma mãe que teve a filha acidentada que de uma certa forma estava sobre supervisão da que apanhou. Ou seja, está havendo uma incoerência de posicionamento. Ou são atitudes tomadas por serem mães ou são atitudes preconceituosas, parece que estes metablogs estão com dois pesos e duas medidas.
    Beijos e continue visitando o meu blog.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...