Páginas

21 de mar de 2010

Caso Isabella: Dúvidas que eu gostaria que fossem esclarecidas no julgamento.

1 - Segundo a polícia e a perícia, houve uma briga dentro do carro do casal e que algum objeto marcou a testa da garota. Porém quando a polícia é questionada qual era o objeto, a pessoa que era entrevistada disse que o objeto não era relevante para o caso. - Caraca, se isto foi o marco zero da situação (segundo a polícia) como não pode ser relevante? Em qualquer país sério o objeto seria procurado para até provar que ele foi o que deu início ao fato.
2 - Segundo Antônio Nardoni, antes mesmo de sua chegada após saber do ocorrido, havia no local policiais da Corregedoria. - Qual o interesse da Corregedoria no caso, ainda mais naquele momento que não se sabia se era acidente ou não? Mesmo que a Corregedoria fique ao lado, todos nós sabemos que a Corregedoria só dá importância a casos em que há alguma investigação envolvendo policiais. Porque ela teria interesse em um caso que poderia naquele momento ser configurado como um acidente doméstico?
3 - Segundo aquele policial que depois morreu, a polícia (incluindo ele) fez uma varredura no prédio e em volta do quarteirão durante 3 horas, porém em um vídeo ainda logo após o ocorrido, ele está ao lado de Alexandre Nardoni sem prestar a mínima atenção ao que o Nardoni falava e não aparece outros efetuando qualquer varredura. - Fez ou não a varredura? Procurou ou não um terceiro?
4 - Qual o motivo de não ter havido a reconstituição da parte em que vizinhos do prédio da frente hovem a suposta briga do casal? - Seria o medo de cair por terra esta teoria?
5 - Policial envolvido no caso comete "suicídio" por ser acusado de pedofilia.A polícia, antes mesmo dos envolvidos no Caso Isabella e da própria imprensa saberem, convoca uma coletiva para afirmar que os casos não tem ligação entre si. - Que rapidez em negar a ligação dos casos não?
6 - Os supostos 4 computadores do policial pedófilo - Que fim levou a investigação nos HD'S dos computadores? Ou só porque morreu não haverá mais a investigação?
7 - E o sangue no apartamento? De quem é afinal? - Primeiro eles afirmavam que o sangue no apartamento pertencia a Isabella, apesar dos laudos serem inconclusivos, agora afimam que pertencem aos Nardonis, dando a entender que seria de Alexandre. De quem é afinal então?
8 - E por último porque liberaram o apartamento para a família ANTES da perícia? - E outra, em qualquer país sério, todas as provas colhidas no apartamento durante a perícia seriam invalidas devido a contaminação por terceiros terem entrado antes com autorização policial.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...