Páginas

26 de ago de 2010

Uma Rosa Com Amor 2 - Claude e Rosa depois do Casamento Parte 6

Enquanto isto na sala de espera.
C: Frazão, eu não posso perde-la – Diz Claude desesperado.
F: Calma Claude! O médico falou que a Rosa está reagindo! Para de pensar negativo. Ela é forte e vai sair desta como se nada tivesse acontecido – Diz Frazão nervoso pelo desespero de Claude.
C: Como calma? Estávamos vivendo a fase mais feliz de nossas vidas e me acontece isto e você quer que eu tenha calma?
F: E você se esquece que tem um outro ser importante agora em sua vida e que depende de você? Este ser depende de um pai calmo e sereno. Vc acha que agindo assim fará bem à Rosa e a sua filha? – Diz Frazão totalmente irritado.
Esta fala de Frazão faz Claude respirar fundo e pensar que ele realmente precisa ficar calmo. Rosa é forte e o médico mesmo tinha dito que ela estava reagindo.
C: Você tem razón Frazão. Quer conhecer a Rosinha? Se eu bem me lembro vc acabou não vendo a minha filha direito. – Diz Claude um pouco mais calmo. Também ele quer ir ao berçário, pois a paz que reina lá faz bem a ele.
F: Até que enfim algo sensato de sua parte. Agora vou conhecer a minha futura nora – Diz Frazão tentado brincar um pouco com o Francês.
C: Como nora?!? É menino o baby? Parabéns Frazão! – Diz Claude um pouco mais calmo e feliz pelo amigo (Alabá está grávida de 4 meses). Frazão comemora por dentro a calma que Claude está começando a sentir.
F: Obrigado amigão. Mas vamos logo que eu quero ver a minha futura nora – Diz um Frazão sorridente.
C: Agora se o seu filho for igual a você, sem chance de namorar a minha filha. E se quiser terá quer ser na minha casa e na minha frente e depois de ouvir alguns conselhos. Agora se puxar a Alabá, eu posso pensar no caso e dar uma aliviada. – Diz Claude dando um abraço no amigo.
F: Se você não fosse genro do Seu Giovani, eu falaria que você é filho dele. Ta igualzinho quando você “casou” com a Rosa. – Diz Frazão quase rindo e frisando o Casou.
Os dois não perceberam, mas estavam próximo deles D. Amália e Seu Giovani que ouviram o final da conversa. Claude e Frazão entram no berçário.
G: Que bom. O Doutore está mais calmo e vai seguir os meus conselhos com a relação a Rosinha. – Diz Seu Giovani com um leve sorriso, apesar da preocupação com relação à filha.
A: Não fala besteira homem de Deus. Se ele ficar igual a você, as duas vão sofrer. Já não basta um Giovani, agora o Doutore também? Este é o medo da Rosa, a filha ter uma pai como ela teve.
G: Mas não foi bom não? Casou e muito bem. E tudo direitinho. Se não fosse eu, o Doutore tinha largado a Fina. E pelo jeito ele gosta do jeito que eu cuido dos meus filhos. – Diz Seu Giovani bravo com a reprimenda da mulher.
A: Ta, ta. Agora vamos ver a Rosinha.
Como Claude e Frãzão entraram no berçário, não ouviram a conversa dos pais de Rosa.
Claude estava ninando a filha com Frazão ao lado que brinca dizendo que Rosinha é a cara da mãe e tem jeito que terá um gênio forte também.
C: Oi D. Amália e Seu Giovani. Venham ver a netinha de vocês. Ela é linda não? Puxou a mãe. – Diz Claude sorrindo para os sogros.
C: Senta D. Amália para a senhora segurar a sua neta. – Diz Claude fazendo sinal com a cabeça para a enfermeira ir ajudar. A enfermeira chega, retira Rosinha de seus braços, ele levanta e depois a pequena é entregue à D. Amália que já está no balanço.
A: Ela é linda. E parece calminha.
C: Sim. D. Amália. Ela é linda como a mãe.
G: Uma linda netinha nós temos Amália. Espero que o senhor cuide muito bem da minha neta – Diz Seu Giovani.
A: Aqui não homem de Deus.
C: Sim Seu Giovani, vou cuidar muito bem. Pode deixar que “vou seguir os seus conselhos”. – Diz Claude frisando o “vou seguir os seus conselhos” e olhando sério para Frazão. Frazão revira os olhos e pensa: “Ai meu Pai. Dois Giovani eu não agüento”.
Depois de meia-hora com todo mundo paparicando Rosinha, ele saem do Berçário.
C: Bom, D. Amália e Seu Giovani. Eu sei que vocês vão querer ficar aqui no hospital o tempo todo. Por isto, vou pedir para o Frazão reservar um quarto de um hotel aqui próximo do hospital para vocês. E também reserva um pra mim no mesmo hotel e próximo do quarto deles. Assim a gente mantém a comunicação mais próxima – Diz Claude.
F: Sim, Faço a reserva. – Diz Frazão saindo logo em seguida para providenciar as reservas.
Passam-se as 48 horas em que Claude, D. Amália e Seu Giovani ficam revezando entre as visitas na UTI e as visitas no berçário. Frazão ia ao hotel duas vezes por dia para passar as informações da construtora e saber como Rosa estava. Claude com o tempo foi se acalmando, pois a evolução de Rosa estava sendo boa. Ao final das 48 horas de coma induzido, a medicação é reduzida.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...